Bem vindos!!!!!!!

Preparem-se para conhecer um mundo diferente, um lugar onde qualquer pensamento será validado, desde que respeitemos o direito de todos, acreditemos que o impossível é possível. Venham, olhem, critiquem, reflitam, aproveitem, pois esse espaço não é pra ser individualizado. Vamos fazer algo coletivo!

sexta-feira, 8 de junho de 2012

As agruras do coitado santo casamenteiro

Santo Antônio casamenteiro
Virou santo dos namorados
Que trabalha o ano inteiro
E ainda tem seu menino tirado
Por uma solteira qualquer
Que a muito tempo de pé
Não sabe o que é ter namorado.

Eita vida difícil!
Desse santo casamenteiro
Que trabalha noite e dia 
Mais até que um carpinteiro
Sendo muito penalizado
Corre de lá para cá
Mas que profissão danada essa que foi arrumar.

Enquanto a história não muda
Lá vai o santo casamenteiro
Para arrumar companhia
Prum bando de povo solteiro
Que para se casar logo-logo
Faz até economia
E não poupa Ave Maria.

Santo Antônio coitado
Que vive a trabalhar
Quando não arranja um namorado
De cabeça para baixo vai ficar
Pra esse, "coitado" é pouco
Pois além de juntar os outros
Tem que fazer casar.

É desse santo coitado
Que tem pouca romaria
Que venho falar agora
Pra vossa senhoria
Que tem muito pra fazer
Tenha fé que ele te arruma 
Logo-logo um bem querer.

Cuida muito desse santo
Toma conta o dia inteiro
Pois em breve ele vai trazer
Boas novas sem correios
Pois para o par perfeito chegar
Vale a pena se arrumar
E ficar daquele jeito!

Laís Correia/Jackson Rodrigues Caetano
Salvador, junho   de 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário